sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Mestre Pastinha

Em 13 de Novembro de 1981 morreu Mestre Pastinha e esse fim de semana será em homenagem a ele.
Cada dia uma postagem referente a vida do grande mestre.
Hoje vou compartilhar com vocês algumas frases do Mestre Pastinha.






"Tudo o que eu penso da Capoeira, um dia escrevi naquele quadro que está na porta da Academia. Em cima, só estas três palavras: Angola, capoeira, mãe. E embaixo, o pensamento: 'Mandinga de escravo em ânsia de liberdade, seu princípio não tem método e seu fim é inconcebível ao mais sábio capoeirista'."

"Capoeira de Angola só pode ser ensinada sem forçar a naturalidade da pessoa, o negócio é aproveitar os gestos livres e próprios de cada qual. Ninguém luta do meu jeito mas no jeito deles há toda a sabedoria que aprendi. Cada um é cada um (...). Não se pode esquecer do berimbau. Berimbau é o primitivo mestre. Ensina pelo som. Dá vibração e ginga ao corpo da gente. O conjunto da percussão com o berimbau não é arranjo moderno não, é coisa dos princípios. Bom capoeirista, além de jogar, deve saber tocar berimbau e cantar. E jogar precisa ser jogado sem sujar a roupa, sem tocar no chão com o corpo. Quando eu jogo, até pensam que o velho está bêbado, porque fico todo mole e desengonçado, parecendo que vou cair. Mas ninguém ainda me botou no chão, nem vai botar (...)"

"capoeirista é um gênio, Capoeira é sobre tudo muita intuição, vem do subconsciente".

"A chamada é uma filosofia do angoleiro, é a malícia do angoleiro. Porque hoje a humanidade se preocupa em ficar forte, em fazer artes marciais, em ficar atleta para jogar capoeira. A capoeira não depende disso, a capoeira depende da técnica, malícia e sagacidade. Quando o camarada está muito brabo dentro da roda, quer bater, quer pisar eu chamo ele. Ele vai entender do jeito que souber pois a violência do angoleiro não está em dar rasteira, nem pontapé, nem murro. A malícia do angoleiro está realmente nas chamadas". 

2 comentários:

  1. A Filosofia de Mestre Pastinha, é uma das melhores no mundo da capoeira na minha opinião. É sempre bom ler sobre ele e o que ele dizia.

    ResponderExcluir
  2. Até lendo as historias de mestre pastinha eu me acalmo...
    Sorte de quem teve o privilegio de conviver com esse sabio mestre!!!!

    ResponderExcluir

O que você acha sobre isso?

Você pode gostar