terça-feira, 9 de maio de 2017

Como vai o seu coração?

Especialista alerta para a grande exigência cardíaca na prática da Capoeira




Maio de 2013, reunião de mestres no Iphan do Rio de Janeiro, Mestre Camisa discursa sobre o triste fim de alguns mestres, sem assistência médica e muitas vezes na miséria. Ele acaba falando sobre o grande números de capoeiristas que morrem por problemas do coração e uma lâmpada se acende imediatamente na minha cabeça.

Mestre Paraná infartou e morreu aos 49 anos. Mestre leopoldina, aos 74 anos, também faleceu em decorrência de problemas cardíacos. 

Demorou até que eu fosse atrás de uma profissional para esclarecer os fatos. A gota d'água veio mês passado, quando, só no Rio de Janeiro, dois capoeiristas faleceram em decorrência de problemas cardíacos. 

A Cardiologista Rachel Victer ressalta que não há uma relação direta da Capoeira com o infarto, mas, por ser uma atividade de alta performance, o coração acaba trabalhando muito.

A pergunta que eu te faço, caro Capoeirista, é: Estamos negligenciando a nossa saúde e de nossos alunos?

A verdade é que os capoeiristas não se veem como atletas e, por isso, acabam não dando a devida importância aos cuidados com a saúde.

O que é mais comum do que sair de uma roda de Capoeira e se reunir para uma cervejinha, ou um churrasco, ou os dois? Pois é, não estou aqui ditando regras para vida de ninguém, eu mesma sou adepta desses pecadinhos, mas, é importante dizer que maus hábitos alimentares, o consumo de álcool e drogas estão diretamente ligados aos problemas cardíacos.

O Monitor Benny, 28 anos, filho do querido Mestre Bené, foi um dos trágicos casos ocorridos no mês passado. Durante uma roda de Capoeira ele se sentiu mal e faleceu. Em jovens o risco do infarto ser fatal é ainda maior, "O coração jovem tem a circulação colateral ( que são pequenos vasos que ligam as principais artérias do coração) pouco desenvolvida. Isso aumenta o impacto do infarto no coração.", explica a Dra. Rachel. 

É importante esclarecer que nem toda morte súbita é infarto, "Existem outras causas de morte súbita em jovens como morte por arritmia cardíaca, por doença congênita cadíaca, doença da aorta, ruptura de aneurisma cerebral que também podem ser precipitados pelo exercício. Porém, a sociedade tem o hábito de taxar de infarto qualquer morte que ocorra assim, subitamente.", esclareceu a médica.

São fatores de risco para infarto: 


  • Hipertensão; 
  • Diabetes;
  • Colesterol alto;
  • Tabagismo;
  • Sedentarismo;
  • Uso de drogas;
  • Obesidade;
  • Stress;
  • História familiar de infarto ou angina.

Quando devo procurar um cardiologista?

  • Quem não tem história familiar de doença cardíaca: Homens aos 45 anos e mulheres aos 50 anos;
  • Quem tem história familiar de doença cardíaca: Homens aos 30 anos e mulheres aos 40 anos, 
  • Quem apresenta qualquer sintoma como: cansaço, dor no peito, fadiga, ou palpitação, independente da idade, antes de iniciar qualquer atividade física.
E é aí que entra a pesquisa que eu fiz no Facebook no mês passado. Assim como eu, 55,3% dos entrevistados nunca precisou de atestado médico para a prática da Capoeira.


A cardiologista ainda explica que, pelas diretrizes atuais, não é obrigatória a apresentação de atestado médico para a prática de atividades físicas nos casos de pessoas que não possuem histórico de doença cardíaca na família, nem apresentam os sintomas citados (cansaço, dor no peito, fadiga, ou palpitação), no entanto, muitos esportes exigem a apresentação do atestado, o que para ela é importante.

A Prevenção do infarto passa pelo controle dos fatores de risco acima citados, além de acompanhamento cardiológico periódico. Não podemos fechar os olhos para a nossa saúde e, como educadores, precisamos tornar o atestado médico uma exigência para a prática da Capoeira. Só assim evitaremos, ou ao menos diminuiremos, os casos de mau súbito na Capoeira.

Muito obrigada a todos que responderam ao questionário! Agradecimentos especiais à médica que gentilmente nos orientou para a matéria. Bjos, Senhorita!


Dra. Rachel Victer

Pós graduada em Cardiologia pela Universidade Federal Fluminense ( UFF)

Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia

Rua Moreira Cesar 26 sala 1119. Icaraí. Niterói/RJ

Tel: (21) 2719-6616


Ficou interessado no discurso do Mestre Camisa que eu citei? Parte dele está disponível no nosso canal no Youtube, toma aqui um link. Aproveita e se inscreve lá que tem sempre conteúdo de qualidade!

Imagem do Google

3 comentários:

  1. Muito boa a matéria. A Capoeira deveria ser tratada como esporte, e ser levada a sério como tal. Os capoeiristas deveriam se cuidar melhor, para que incidentes fatais como esses, não ocorram mais.

    ResponderExcluir

O que você acha sobre isso?

Você pode gostar