segunda-feira, 29 de abril de 2013

Como prevenir e tratar lesões comuns aos praticantes de Capoeira



Imagem: Internet
Todo esporte pode ocasionar lesões e a Capoeira não é diferente. Alguns movimentos exigem muito do nosso corpo, principalmente articulações, ligamentos e musculatura. 
Para a Dra. Marcella Alvim Mendes, fisioterapeuta, isso ocorre por causa da prática incorreta, "Deve-se tomar muito cuidado, pois a prática indevida pode ocasionar lesões musculares, bem como lesões articulares, muitas vezes irreversíveis, que podem acarretar prejuízos ao praticante, pelo resto de sua vida.", explicou.
A maneira mais eficaz de evitar esses danos, que podem se tornar permanentes, é adquirir o hábito de fazer aquecimento e de se alongar corretamente, antes e depois do treinamento. A fisioterapeuta explica a importância dessa prática para evitar as lesões, "O aquecimento e o alongamento dão tempo para que a pessoa se adapte do repouso à atividade intensa. Sem eles, os músculos podem ser exigidos bruscamente resultando nas tais lesões. Os motivos são variados: desde a falta de aquecimento até a falta de condicionamento da pessoa. O alongamento após a atividade física ajuda a musculatura a relaxar, voltando ao estado de repouso.", completa. 
Ser orientado por um profissional também é muito importante e a Dra. Marcella alerta para os perigos de um alongamento feito errado, "Vale ressaltar que um alongamento feito de forma inadequada pode causar o efeito inverso, vindo a prejudicar o capoeirista ao invés de ajudá-lo quanto a sua saúde física, é neste caso, por exemplo, que as distensões musculares aparecerão.", ensina.

Imagem: Internet
As lesões mais comuns



Algumas lesões são mais comuns entre os praticantes de Capoeira, como as lesões de tornozelos, ombros, punhos, cotovelos, além de ligamentos e lombalgias(dor na região lombar), mas segundo estudo realizado, os joelhos são os campeões de lesão, como explica a Dra. Marcella, "Em decorrência da postura do individuo, através dos deslocamentos rápidos com mudanças bruscas de direção, bem como, movimentos repetitivos e extenuantes (golpes de linha e giratórios), em decorrência da soltura dos golpes e o pé de apoio no chão, ocasionando a força de atrito e resultando na força de reação do solo.", justifica.

O tratamento
Foto: Internet

O primeiro passo é diagnosticar corretamente a lesão e a partir daí o profissional irá traçar um um plano de tratamento que melhore os sintomas, mas que também recupere a estrutura lesada e previna a reincidência. Segundo a profissional é nesse momento que a fisioterapia é indicada, "a fisioterapia é indicada para melhora do quadro de incapacidades e sintomas como dor, diminuição de força, movimento, entre outros. O objetivo é possibilitar ao capoeirista um tempo menor de tratamento e retorno a prática da capoeira de maneira mais rápida e de forma saudável e segura.", finaliza.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você acha sobre isso?

Você pode gostar